Google+

sábado, 15 de novembro de 2014

TIRO PELA CULATRA. DAS 9 EMPREITEIRAS ALVO DA OPERAÇÃO LAVA JATO, 6 FINANCIARAM AÉCIO NEVES

Comentar a postagem
NA SÉTIMA FASE DA OPERAÇÃO, DEFLAGRADA ONTEM (14). PRESIDENTES DE GRANDES EMPREITEIRAS FORAM ALVOS DE MANDADOS DE PRISÃO.

O alto clero tucano, em evento realizado pelo partido em São Paulo nesta sexta-feira (14), comemorou as prisões de executivos de empreiteiras e o possível desgaste do governo Dilma.

” Tem muita gente sem dormir em Brasília “, afirmou senador Aécio Neves; colega Aloysio Nunes, que foi vice dele na campanha presidencial, usou o mesmo tom: “A casa caiu”; PSDB se vê imune neste escândalo; “Petrobras incorporou à sua história a marca perversa da corrupção”, prosseguiu Aécio, em tom sério.

O que Aécio Neves e seus Correligionários (PSDB), não sabiam, por falta de assessoria de comunicação, ou por “cara de pau” mesmo, é que das 9 empreiteiras alvo da Operação Lava Jato, seis financiaram sua campanha para presidente; o valor gira em torno de 20 Milhões de reais.

São elas: Odebrecht, OAS, UTC, Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa.
(Jornal I9)

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Aécio Neves reaparece para trabalhar no Senado só às 3 horas da tarde

Comentar a postagem
O senador Aécio Neves (PSDB) convocou a imprensa demotucana, os parlamentares e seus assessores no Congresso Nacional para cobrir seu retorno "triunfal" ao Senado, depois de sua derrota nas eleições.

O problema é que Aécio apareceu para o trabalho só depois das 3 horas da tarde, em plena terça-feira de batente.

Um mau recomeço.

Discurso cancelado por medo de "nocaute" nos apartes

O senador iria fazer um discurso hoje. Cancelou e remarcou para amanhã, para ensaiar com seus aliados uma blindagem aos apartes de petistas.

Toda vez que Aécio tentou fazer discursos de impacto, o resultado de suas próprias palavras foi pífio, mas os apartes dos senadores petistas foram demolidores, gerando vídeos impagáveis nas redes sociais.

Leia também:
- Revista Veja inclui Aécio entre os piores senadores do Brasil.