Google+ Aécio Neves protesta contra a corrupção estacionando carro em local proibido

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Aécio Neves protesta contra a corrupção estacionando carro em local proibido

Comentar a postagem

Aécio Neves protesta contra a corrupção estacionando carro em local proibido
O senador tucano foi flagrado estacionando um carro da rádio Arco Íris – pertencente a sua família – em uma vaga para deficientes físicos na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, pouco antes da manifestação contra a “corrupção” do governo. Em 2012, Aécio foi parado por dirigir sem carteira de habilitação em um veículo da mesma empresa, que é investigada por receber repasses quando era governador de Minas Gerais

Por Redação
O senador Aécio Neves (PSDB) compareceu neste domingo (16) à manifestação de Belo Horizonte (MG), que tinha como uma das principais bandeiras o fim da corrupção. Para chegar até a Praça da Liberdade, local onde ocorreu a concentração do protesto, o ex-candidato à presidência da República utilizou um carro da rádio Arco Íris – empresa que pertence a sua família -, e não deu lá o melhor exemplo pela causa, como figura pública que é. Ele estacionou seu Toyota Hilux em uma vaga exclusiva para deficientes físicos.
Não é a primeira vez que Aécio infringe as leis de trânsito. Em 2012, ganhou repercussão o episódio em que o senador foi parado pela polícia por dirigir sem carteira de habilitação. Na ocasião, constatou-se que o veículo que ele conduzia também pertencia à rádio de sua família. A rede Minas Sem Censura, então, entrou com uma representação no Ministério Público e passou a investigar as verbas repassadas à empresa ao longo dos governos tucanos no estado.
Na lista de patrimônios da companhia, consta o veículo que Neves utilizou neste domingo (placa HHH 0211). Ao todo, a rádio possui 12 carros registrados no DETRAN/MG, sendo seis deles considerados veículos de luxo. Na representação, configura-se a tese de que houve ocultação de patrimônio e que os carros de luxo são utilizados para a “satisfação pessoal” dos sócios e familiares da empresa, invalidando a necessidade do repasse das altas verbas governamentais que ocorreram ao longo do governo Aécio. “Não aceitamos tanta impunidade, tanta mentira, tanta corrupção”, disse o senador no protesto pouco depois de parar o carro em local proibido.
Da Revista Forum

Um comentário:

Ricardo Oliveira disse...

Fui Servidor Público Federal, sendo lotado na Secretaria de planejamento da República e depois passando para o Ministério das Minas e Energia.
Passei pelos governos; Sarney, Collor, Itamar e Fernando Henrique Cardoso. Por tudo que vi e presenciei neste governos, posso com muita tranquilidade dizer que os três primeiros sempre respeitaram as instituições, já o último infelizmente, não posso dizer o mesmo. O que vi foi muito desmandos, projetos parados, servidores indo ao serviço somente para dormir,por falta de investimentos e continuidade dos projetos. Nunca tinha visto tanta roubalheira. Este foi um dos piores governos. Nunca foram questionado por esta Imprensa fascista pela PRIVATARIA. Foram feitas pelas duas Verônicas (a Serra "filha de José Serra" e a Dantas "irmã de Daniel Dantas". E o JUDICIÁRIO imoral, sabemos que sempre foi um braço político dos Partidos de Ideologia FASCISTA. "PSDB" nunca foi partido político e sim verdadeiramente uma Quadrilha do Crime Organizado e seus aliados.

Postar um comentário