Google+ Finalmente Investigações da Lava Jato chegam ao senador Aécio Neves

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Finalmente Investigações da Lava Jato chegam ao senador Aécio Neves

Comentar a postagem

Finalmente Investigações da Lava Jato chegam ao senador Aécio Neves
Janot pede investigação contra Aécio e ministro do TCU./Foto: Pedro França/Agência Senado













O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF), pedidos para investigar o senador Aécio Neves (PSDB-MG),e o ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União.
A medida foi tomada com base na delação do senador Delcídio Amaral (ex-PT-MS), preso em novembro de 2015 por tramar contra a Operação Lava Jato. Em fevereiro deste ano, o ex-líder do governo no Senado fez delação e foi solto.
Em sua delação, o senador afirmou que Aécio Neves atuou para maquiar dados do Banco Rural na CPI dos Correios. Presidida por Delcídio em 2005, a comissão investigou o mensalão, esquema que utilizava as empresas do empresário Marcos Valério para lavagem de dinheiro. Além disso, o delator também disse ter ouvido que o tucano mantém conta no paraíso fiscal de Liechtenstein.
Publicidade
O delator admitiu ter "segurado a barra" para que não viesse à tona a movimentação financeira das empresas de Marcos Valério no Banco Rural que "atingiriam em cheio" o atual presidente do PSDB e seus aliados, como o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP). Segundo Delcídio o tema foi tratado na sede do governo mineiro, por volta de 2005 e 2006, quando Aécio governava o Estado e ainda lhe teria oferecido o avião do governo de Minas para ir ao Rio, o que foi aceito pelo senador.
Delcídio Amaral afirmou, também em relação a Aécio, que "sem dúvida" o presidente nacional do PSDB recebeu propina em um esquema de corrupção na estatal de energia Furnas que, segundo o delator, era semelhante ao da Petrobrás, envolvendo inclusive as mesmas empreiteiras.
O ex-líder do governo tem experiência no setor elétrico, conhece o ex-diretor de Engenharia de Furnas Dimas Toledo, apontado como o responsável pelo esquema de corrupção, e disse ter ouvido do próprio ex-presidente Lula, em uma viagem em 2005, que Aécio o teria procurado pedindo que Toledo continuasse na estatal.

6 comentários:

Unknown disse...

Jogo de cena até tirarem Dilma? Tá difícil acreditar!

Unknown disse...

Jogo de cena até tirarem Dilma? Tá difícil acreditar!

Viviane melo disse...

Se gritar pega ladrão não fica quase ninguém meu irmão

Viviane melo disse...

Se gritar pega ladrão não fica quase ninguém meu irmão

Viviane melo disse...

Concordo

ferreira disse...

Para mim a lavajato so tem um unico objetivo acabar com a carreira politica do melhor presidente que esse pais ja teve nesses utimos 30 anos luiz inaçio lula da silva.

Postar um comentário