Google+ The Scandals of Brazilian Candidate Aecio Neves

terça-feira, 21 de outubro de 2014

The Scandals of Brazilian Candidate Aecio Neves

Comentar a postagem

We Recommend
Since he was selected to run in the second round of the presidential elections on October 26, the right wing candidate Aecio Neves has tried to get away with serious accusations of corruption and drug-trafficking.
Among the several controversial scandals in which his name was mentioned, one involves a helicopter belonging to Neves' company, Agropecuaria Limeira, filled with 4.5 tons of cocaine, and seized by the Federal Police of Espiritu Santo, in the south east of the country last year.
The helicopter belonged to congressman Gustavo Perella, son of the senator and former president of the soccer team Cruzerio, Zeze Perella, both close political allies of Neves, also former governor of the region. Perella was recently released from prison after claiming that employees of Agropecuaria Limeira, along with three other accomplices, took the vehicle without authorization.
“The press covers with an unexplainable discretion what could be the biggest scandal of the last decade,” argued journalist Miguel do Rosario in Tijolaco.
Yet the helicopter case could only be the tip of the iceberg. The attorney's office of Minas Gerais is investigating the possible illegal allocation of contracts to the company Agropecuaria Limeira, while Neves was governing this state. These contracts include the purchase of the property Guara, where the helicopter was seized. The airport where the helicopter landed is suspected to have been built with public funds in 2010 – the last year of Neves' mandate at the head of Minas Gerais, according to Pulzo.com, on a property belonging to a Neves' great uncle.
So far the candidate only acknowledged having used the clandestine track in various opportunities, during family or business trips.

Fonte:http://www.telesurtv.net/english/news/The-Scandals-of-Brazilian-Candidate-Aecio-Neves-20141015-0004.html

Traduzido


Os escândalos de candidato brasileiro  Aécio Neves

 
Candidato brasileiro, Aécio Neves, candidato para o partido social-democrata brasileiro. (Foto: EFE)

recomendamos

Desde que ele foi escolhido para ser executado no segundo turno das eleições presidenciais em 26 de outubro, o candidato de direita, Aécio Neves tentou fugir com graves acusações de corrupção e tráfico de drogas.

Entre os vários escândalos polêmicas em que seu nome foi mencionado, um envolve um helicóptero pertencente a empresa Neves, Agropecuaria Limeira, preenchido com 4,5 toneladas de cocaína, e apreendido pela Polícia Federal do Espírito Santo, no sudeste do país no último ano.

O helicóptero pertencia ao deputado Gustavo Perella, filho do senador e ex-presidente da Cruzerio time de futebol, Zezé Perella, ambos aliados políticos de Neves, também ex-governador da região. Perella foi recentemente libertado da prisão depois de afirmar que os funcionários da Agropecuária Limeira, junto com outros três cúmplices, pegou o veículo sem autorização.

"A imprensa cobre com um critério inexplicável o que poderia ser o maior escândalo da última década", argumentou o jornalista Miguel do Rosário em Tijolaco.

No entanto, o caso de helicóptero só poderia ser a ponta do iceberg. A promotoria de Minas Gerais está investigando a possibilidade de concessão ilegal de contratos para a empresa Agropecuaria Limeira, enquanto Neves governava este estado. Estes contratos incluem a compra do imóvel Guara, onde o helicóptero foi apreendido. O aeroporto onde desembarcou há suspeita de o helicóptero ter sido construído com fundos públicos em 2010 - o último ano de Neves mandato à frente de Minas Gerais, de acordo com Pulzo.com, em uma propriedade pertencente a um Neves 'tio-avô.

Até agora, o candidato só reconheceu ter usado a pista clandestina em várias oportunidades, durante a família ou viagens de negócios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário